16 de dez de 2008

Mais uma decepção

Como falar de alguém que eu não conheço????

Pois é exactamente assim é meu pai para mim, eu o conheço e ele me conhece apenas por etapa, nos momentos em que ele deveria estar comigo ou o trabalho o atrapalhava ou qualquer outra coisa o impedia de estar com migo, quer dizer o impedia não acho que qualquer coisa era mais importante que estar comigo (talvez por eu lembrar Aline, dela sim ele gostava), mas ele também nunca quis me ter mesmo, por ele mainha tinha abortado... Meu pai é uma pessoa que só se importa com o dinheiro e com o que os outros tem a te oferecer, para ele tudo se resolve no dinheiro, ele acha que por estar me dando um presente ela vai estar de alguma forma retribuindo a sua presença.

A três dias atrás foi a minha formatura eu acabei o ensino fundamental, e ele sabia o quanto aquilo era importante pra mim, minha mãe estava fazendo um curso em Natal, e precisou falar com a ouvidora do estado para justificar a falta na última aula e vir para Caicó. Painho??? Veio no entanto foi para um bar beber, e na hora da missa estavam todos menos o meu pai que estava em qualquer canto só não onde deveria. Mas isso é pra mim aprender que eu não preciso de um pai, porque minha mãe essa sim já faz o trabalho dos dois e muuuuito bem.

Raiva não tenho até porque não consigo ter raiva de ninguém, mas posso afirmar com todas as letras que para mim apartir de hoje ou melhor apartir do dia 13/12/08 (Sábado) suas palavras não valem mais nada e dele também não espero nada e como ele mesmo me disse uma vez: "Eu lavo as minhas mãos com o senhor."





"Talvez um dia ele se dê conta de que os melhores momentos da minha vida ele nunca esteve presente...(Alane Dantas)"



?! Alane Dantas !?

Nenhum comentário: