20 de nov de 2012

Medo

Sabe qual é meu problema? Ou melhor quais são eles? Quer saber a causa de tudo? Eu tô com medo é isso.. Aí meu medo gera: CIÚMES, morro de ciúmes de você. As coisas estão mudando, os caminhos se abrindo cada vez mais, sinto você longe de mim, cada dia mais distante, a cada segundo um passo no sentido contrário a mim.. E isso me apavora, não quero me tornar pra você apenas mais uma conhecida, mais uma colega. Já passei por isso uma vez, já perdi pessoas assim e é doloroso.. E hoje, me parece que a vida novamente me prega uma peça, puxa meu tapete e me deixa no chão, os caminhos estão tãão parecidos com os que foram a alguns anos.. Será que de novo eu terei que passar por tudo aquilo? Não sei, mas espero que não, não sei se suportaria, não de novo, não sem você ao meu lado, pra me dar apoio, pra me abraçar e dizer que tudo vai ficar bem. Se a vida nos dá rasteiras pra nos ensinar, o que foi que eu não aprendi na outra pra ter que passar por essa também? Sinceramente, não sei, só sei que a cada dia sinto meu tempo com você diminuindo..
"Todos os dias quando acordo
não tenho mais o tempo que passou
mas tenho muito tempo
temos todo tempo do mundo..
Todos os dias antes de dormir,
lembro e esqueço como foi o dia
sempre em frente
NÃO TEMOS TEMPO A PERDER.."

Como eu disse, não sei o que foi que eu 'não aprendi', mas sei que não vou deixar que dessa vez a vida ganhe de mim, como você mesmo me disse uma vez, não posso viver de passado afinal  'não tenho mais o tempo que passou', por isso no meu presente vou lutar pra que você ainda esteja no meu futuro.. Preciso de você..
"Então me abraça forte
E diz mais uma vez que já estamos
distantes, de tudo..
TEMOS NOSSO PRÓPRIO TEMPO.."