4 de dez de 2008

(**)

(**)Certo dia uma mulher, cansada da sua vida resolve dar umas férias a si própria. E escolhe o Rio. Pouco tempo após sua chegado no aeroporto, ela fica com fome e compra um pacote de bolacha recheada, e volta a esperar o avião. Lendo um jornal ela começa a comer a bolacha, sentado ao seu lado estava um homem de ótima aparência, mas na opinião desta mulher muito mal educado, ele simplesmente estava a comer também da sua bolacha, ela não aguentava tamanha "cara de pau", mais continuou comendo e observando (sua raiva era tão grande que ela não conseguia mais ler o seu jornal), ela tirava uma e ele outra, mais como poderia uma pessoa ser tão mal educada!!!(pensava ela), até que restou apenas uma bolacha, aí ela esperou pela reação dele, que por sua vez partiu a bolacha ao meio comeu metade e deixou a outra metade para ela. Nesta hora toca a chamada para o voo dela, e ela saiu dali "soltando fogo panas narinas" de tanta raiva. Mas ao chegar no avião, onde abriu sua bolsa para tirar os tiks da viajem, viu seu pacote de bolacha intacto, a bolacha na verdade era dele e não dela, e ele tinha dividido sem nem um problema até a última bolacha, ela sentiu-se muito mal e envergonhada, mas agora já era tarde demais pra voltar e pedir desculpas, o voo já estava saindo.

*Moral da história:Muitas vezes ao vermos as coisas só sabemos levantar o nosso dedo e julgar, quando na verdade o erro está em nós mesmos e quando tentamos ou queremos voltar e pedir desculpas já é tarde demais. Por isso pense duas vezes antes de julgar alguém,nem sempre as coisas são como vemos.

Existe um ditado que diz:"macaco nunca olha para o rabo" é exactamente isso,mas seria ótimo se olhássemos.
~~Alane Dantas~~

Nenhum comentário: